5 etapas que você precisa saber ao entrar no mercado de criptomoedas

0
361

Aqui está o que você precisa saber ao entrar no mercado de criptomoedas

Se você não leu em lugar nenhum, então definitivamente deve ter ouvido falar sobre criptomoedas. As criptomoedas são o novo ouro na sociedade atual, onde a maioria das pessoas deseja uma moeda puramente digital, não baseada em qualquer forma de moeda fiduciária. As criptomoedas se tornaram o salvador financeiro desta época. O mercado coinbase é o maior mercado de câmbio de criptomoedas, com mais de vinte bilhões de dólares em volume de negócios e usuários registrados que chegam a mais de dez milhões, incluindo transações e armazenamento de bitcoin em cento e noventa países. Eles intermediam bolsas de diversas criptomoedas, a saber; Bitcoin, Ethereum, dinheiro Bitcoin e Litecoin. Eles também oferecem acesso a outros ativos digitais com moedas fiduciárias de trinta e dois países. A Coinbase, embora extremamente útil, pode ser bastante complicada para aqueles que não têm ideia do mercado de coinbase. Se você deseja entrar no mercado Coinbase, siga estes cinco passos;

ENTENDA O CONCEITO DE BLOCKCHAIN

Se você planeja entrar no mercado de coinbase, então você deve aprender como funciona o blockchain. É a carteira bitcoin mais popular do mundo. Um blockchain é uma lista crescente de registros chamados blocos, que são vinculados e protegidos por criptografia. Você também pode chamar o blockchain de livro-razão digital, que é descentralizado e distribuído. A natureza descentralizada do blockchain é o que torna impossível hackear, uma vez que uma alteração em um livro-razão certamente causaria discrepâncias em todos os outros livros-razão. Assim, no caso da Criptomoeda Digital Bitcoin, hackear todo o livro-razão digital seria impossível, uma vez que o blockchain é uma rede de livros-razão, o que implica hackear milhões de computadores ao mesmo tempo.

ESTUDE O MERCADO DE CRIPTOMOEDAS

Não basta apenas entender o concerto do blockchain, o que por sua vez leva você a entender o fato de que seu investimento seria seguro, é preciso também estudar o mercado de criptomoedas, saber quais moedas estão na liderança. Embora existam mais de cem tipos de criptomoedas vendidas por mais de US$ 1, ainda é pertinente notar que o Bitcoin representa cerca de cinquenta por cento de todo o mercado de criptomoedas. Analise o mercado de criptomoedas com atenção, para evitar chances de perdas ou decepções. Opte pelas moedas no topo da mesa.

NUNCA COLOQUE TODOS OS OVOS EM UMA CESTA

Compreender que todo investimento está sujeito a riscos é um grande passo para tomar a decisão certa no mercado Coinbase. Não se esqueça que um aumento ou queda no valor da criptomoeda é inevitável, portanto, evite o erro de colocar todos os ovos na mesma cesta ou investir apenas em uma criptomoeda.

ABRA UMA CONTA COINBASE

A Coinbase permite que as pessoas usem suas contas bancárias ou cartões de crédito para comprar Bitcoin, Ethereum ou Litecoin com o dinheiro depositado nelas. É muito confiável e conhecido, e possui um aplicativo para iPhone e Android, o que torna a compra e venda de criptomoedas bastante mais fácil e rápida. Global Digital Asset Exchange (GDAX), também é uma marca registrada da coinbase que permite formas de comércio mais avançadas.

FINANCIAR A SUA CONTA

Esta é a etapa final para entrar no mercado coinbase. Financiar sua conta é muito fácil, primeiro carregue uma carteira de identidade, passaporte ou carteira de motorista para confirmar sua identidade e, em seguida, você poderá depositar em sua conta. Ao financiar sua conta, tome cuidado para não investir mais do que você se sente confortável em perder e nunca compre em um nível mais alto. Em pouco tempo, você se familiarizaria com a negociação de criptomoedas. Estude os gráficos e compre sempre na baixa.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, escreva seu comentário!
Digite seu nome aqui